Casa mortuária de Espigao continua fechada e se deteriorando




IMG_3030 (Copy)Com emenda no valor de R$ 250.000,00 do ex-deputado federal, Padre Ton/PT, atendendo emenda do vereador Luiz Paca foi construída no ano de 2014, a capela mortuária de Espigão do Oeste anexa ao Cemitério Municipal Jardim da Paz, porém desde então a obra continua se deteriorando, sendo apenas um prédio decorativo à frente do Cemitério abrigando pernilongos e outros insetos. A poucos dias, parte de uma das portas da frente foi quebrada e no local o local foi improvisado com uma porta de madeira.

É lamentável que um prédio construído com recurso público com a finalidade de local de velório e última despedida de ente queridos fique a mercê do poder público. Enquanto isso, as cerimônias fúnebres devem continuar ocupando pavilhões e igrejas. Nada contra isso, já que é um espaço bem maior e que além de abrigar do sol e da chuva também oferece conforto aos familiares e amigos. Porém a Capela mortuária atendeu a um pleito à época do Pároco Frei Manoel Baldissera que solicitou do vereador Luiz Paca intermediação política para a edificação da obra e portanto deveria ser colocada a disposição da sociedade para atender à sua finalidade. “Falta apenas boa vontade do poder público em inaugurar e colocar a obra em funcionamento”.