TSE absolve por unanimidade o Senador Ivo Cassol em processo eleitoral




Plenário do SenadoO tribunal Superior Eleitoral julgou, nesta Quarta-Feira, (7), improcedente os pedidos formulados nas ações de investigação judicial eleitoral propostas pelo Ministério Público e pela Coligação Rondônia Melhor para todos (PT). Os resultados, vale para todos os demandados, como:  João Aparecido Cahulla, Joarez Jardim e Ivo Cassol (PP). A denúncia foi feita por causa do senador ter participado de um evento religioso com o pastor Valdemiro Santiago, na época da campanha para o Senado, em 2010, quando ganhou a elição com uma diferença de 228 mil votos sobre o segundo colocado. Votaram com o relator, Ministro Henrique Neves, a Ministra Luciana Lóssio e os ministros Luiz Fux, Herman benjamin, Napoleão Nunes Maia Filho e Gilmar Mendes (presidente do TSE). “ Mais uma vez foi feito justiça, os adversários querem ganhar a eleição no tapetão. Para ser um verdadeiro político tem que ter voto” disse o senador.