Visita da Mãe Aparecida peregrina leva multidões às Igrejas em Espigão




Na imagem de Nossa Senhora Aparecida “há algo de perene para se aprender”.
“Deus ofereceu ao Brasil a sua própria Mãe”
(Papa Francisco)

100_3735 (Copy)A peregrinação da Imagem de Nossa Senhora Aparecida nas comunidades católicas da cidade de Espigão do oeste, tem atraído a cada noite de celebração um grande número de devotos em demonstração de fé e devoção à Padroeira do Brasil.

100_3724 (Copy)A Imagem ”Replica” da imagem original exposta na Basílica de Aparecida em São Paulo, percorre todas as comunidades de todas as dioceses do Brasil. Em Rondônia, cada uma das dioceses de Ji-Paraná, Porto Velho e Guajará Mirim recebem 01 exemplar “Imagem” da Santa para a visitação em todos os municípios rondonienses. Além das celebrações a cada noite, durante o dia, o povo se mantém em orações rezando o “terço” durante o dia, na comunidade em que a Imagem visita.

100_3737 (Copy)A imagem que visita as comunidades espigãoenses durante essa semanas, será reconduzida em um cortejo na tarde de segunda-feira 08 à cidade de Santa Luzia do Oeste, que receberá a Mãe Maria para a peregrinação em suas comunidades. Por fim, essa Imagem chegará a cidade de Ouro Preto aonde permanecerá na Santuário de Aparecida ali instituído pelo Bispo da Diocese de Ji-Paraná Dom Bruno.

100_3758 (Copy)A peregrinação da Imagem de Nossa Senhora Aparecida foi instituída pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, em comemoração aos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas águas do rio Paraíba do Sul, instituindo-se assim o Ano Nacional Mariano, que teve início em 12 de outubro de 2016, concluindo-se em 11 de outubro de 2017, para celebrar, fazer memória e agradecer.

Como no episódio da pesca milagrosa narrada pelos Evangelhos, também os nossos pescadores passaram pela experiência do insucesso. Mas, também eles, perseverando em seu trabalho, receberam um dom muito maior do que poderiam esperar: “Deus ofereceu ao Brasil a sua própria Mãe”. Tendo acolhido o sinal que Deus lhes tinha dado, os pescadores tornam-se missionários, partilhando com os vizinhos a graça recebida. Trata-se de uma lição sobre a missão da Igreja no mundo: “O resultado do trabalho pastoral não se assenta na riqueza dos recursos, mas na criatividade do amor” (Papa Francisco).

100_3752 (Copy)A celebração dos 300 anos é uma grande ação de graças. Todas as dioceses do Brasil, desde 2014, se preparam, recebendo a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que percorre cidades e periferias, lembrando aos pobres e abandonados que eles são os prediletos do coração misericordioso de Deus.

O Ano Mariano vai, certamente, fazer crescer ainda mais o fervor desta devoção e da alegria em fazer tudo o que Ele disser (cf. Jo 2,5).

Todas as famílias e comunidades são convidadas a participar intensamente desse Ano Mariano.

A companhia e a proteção maternal de Nossa Senhora Aparecida nos ajude a progredir como discípulas e discípulos, missionárias e missionários de Cristo!

O Ano Mariano Nacional, de 12 de outubro de 2016 a 12 de outubro de 2017. É uma ocasião especial para o aprofundamento da nossa fé e da nossa relação filial e eclesial com Maria, “Mãe de Deus e nossa”.

100_3756 (Copy)